sábado, 19 de abril de 2014

unidade na Unidade


 
Dedico este artigo ao aniversário de 12 anos de ordenação sacerdotal do amigo e padre Samuel Matias (21/04/2002) – Chanceler Metropolitano da Arquidiocese de Ribeirão Preto.
 

Sentado, e, pensando já ser ali o meu lugar definitivo na celebração da Unidade na Catedral Metropolitana de São Sebastião de Ribeirão Preto, Deus mostrou-me que nada é pronto e definitivo, mas, sempre um processo em construção; e o vaso pode ser quebrado a qualquer momento até que o Novo, de fato, seja construído, somente pelas mãos do Oleiro.

Entre dois bons amigos presbíteros, Dom Anselmo e Padre Samuel, a celebração prosseguia seu curso normal, até que o cerimoniário aproximou-se de nós pelo corredor central e  nos indicou que deveríamos nos dirigir para nos sentar no presbitério.

Eu me afastei um pouco para que o padre Samuel pudesse passar, pois pensei que o convite estava sendo feito somente ao chanceler. Mas o cerimoniário, certamente, com a intenção de não me constranger se dirigiu a mim e me disse que também eu deveria ir.

Nós dois Saímos, padre Samuel e eu, um pouco depois de Dom Anselmo, que já tinha alcançado o seu lugar no presbitério.

Chegando lá, padre Samuel não se sentou e prosseguiu para trás do Altar Mor até a porta do fundo. Fiz o mesmo...

Ao fundo, onde estavam alguns seminaristas, padre Samuel e eu ficamos sem saber o que fazer... Pouco depois houve um comunicado de que havia um lugar, e, obviamente, a precedência era ao chanceler. Mas padre Samuel não foi... Então decidimos que ambos voltaríamos para o nosso lugar de origem. Assim o fizemos. Saímos pela porta do fundo da Catedral, demos a volta pela calçada da praça e entramos à igreja, novamente, pela porta lateral.

Não foi possível, pois quando entramos já nos foi possível verificar que algumas pessoas já haviam se sentado onde anteriormente estávamos. Então nos encaminhamos pelo corredor lateral e ficamos ao lado da porta que dá para os equipamentos de som. Ali permanecemos...

Ao final da celebração, padre Samuel foi novamente chamado para subir ao presbitério para receber os cumprimentos do senhor Arcebispo, Dom Moacir, juntamente com os vigários forâneos, mas padre Samuel não foi. Preferiu prosseguir, se assim posso dizer, à minha companhia. Uma delicadeza de não me deixar sozinho...

Tantas celebrações da Unidade em que já participei, mas, confesso, foi a primeira vez que senti na alma a solidariedade de um amigo de presbitério que, antes de desfrutar das vantagens que seu Serviço Pastoral lhe concerne, preferiu, antes, fazer unidade com um colega presbítero e, pois, permanecer em minha companhia até o último instante.

Saí da catedral com o coração em festa! Experimentei a Unidade, quando, de outro modo, a nossa participação à missa poderia ter se transformado em um pequeno caos, dado o decorrente desencontro não intencional.

Mas o Senhor teve um plano particular para nós, padre Samuel e eu. Talvez eu jamais saiba o porquê, mas, de antemão, a experiência maior imprimiu-nos, certamente, uma grande marca pela deferente Unidade que celebrávamos, por conta de nosso ministério e ali, concretamente, experimentamos.

Mas, pelo diferencial ocorrido, primeiramente, por nos ter sido a Vontade de Deus, venho, por meio deste, dizer ao grande amigo padre Samuel, o meu muito obrigado! E que o Senhor Deus abençoe este seu gesto simples e belo. Um gesto de uma nobreza sem precedentes.

Senti que a Renovação que juntos fizemos, tornara-se uma expressão concreta vivida pelas primeiras comunidades cristãs: “onde dois (...) reunidos em meu nome, estou no meio deles”. (Mateus 18,20).

E a Unidade floresceu! E a nossa Páscoa, com Jesus no meio, aconteceu!

Parabéns, padre Samuel Matias, pelo seu Sim e pelos seus 12 anos de sacerdócio!

Amém.

Feliz Páscoa!

 
 
 Para você e para toda a sua família!
 


Deus lhe abençoe: Pai, Filho e Espírito Santo! Aleluia! Aleluia!

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Utilidade Pública - Modalidade Arte


Cineclube Cauim participará do lançamento nacional do filme Noé

Vamos exibir o filme “NOÉ” a partir do seu lançamento nacional em 03 de abril. 

Nossos preços são populares. Teremos três sessões regularmente por dia, de segunda a segunda.

Abrimos a possibilidade de agendar sessões especiais no período da manhã, inclusive sábado e domingo.

Para estas sessões especiais, que irão acontecer no período da manhã, havendo interesse, após o final do filme, poderá ser feita uma palestra, ou troca de informações, ou bate papo, sobre o filme exibido, para o público presente, por um membro da comunidade ou convidado especial.

Podemos fazer pacotes para as igrejas interessadas, incluindo no preço o kit de pipoca e refrigerante, também a preços populares.

Peço que entrem em contato conosco através do telefone (16) 3441-4341 e fale com a Lumilla, para efetuarem o agendamento ou para maiores informações. 

Com relação à quantidade de público nas sessões especiais, necessitamos de um mínimo, que também deve ser combinado com a nossa atendente.

Oferecemos também panfletos com dados do filme e horários das sessões, que poderemos enviar para vocês para divulgação.

Qualquer dúvida estamos à disposição.

Peço por gentileza que confirme o recebimento deste e-mail.

Att. Cineclube Cauim


Nicole Silva.